segunda-feira, 17 de março de 2014

A minha história - " O teu cabelo é aquilo que tu quiseres que ele seja"

Oiii..
Hoje vim contar-vos um pouco da história do meu cabelo. Sim este cabelo tem uma vidaaa para contar..ahahahah..aviso desde já que o post pode ficar um pouco longo e talvez chato de ler (mas não desista!!) e talvez eu até divida em dois posts para não ser muito chato. Acho importante saberem um pouco do que já se passou com o meu cabelo também para servir de motivação para quem passa ou já passou pelo mesmo. Eu i tinha feito um post parecido em 2011 (aqui) onde contava um pouco da história do meu cabelo. Entretanto já se passaram quase três anos desde esse post e como é óbvio muitas coisas aconteceram com o meu cabelo entretanto. Então vamos lá..


Infância

Eu desde pequena sempre tive um cabelo bom, embora fininho. A minha mãe sempre manteve o meu cabelo e o da minha irmã trançado, por ser mais prático, e nós adoravamos.

Eu e a minha irmã com o nosso cabelo natural

Adolescência

Pois é foi nessa altura que começaram as avarias. Tive o meu cabelo desfrizado/relaxado (relaxamento caseiro) pela primeira vez aos 12  anos para ir a um casamento. Mas como não sabia cuidar do meu cabelo sozinha e a minha mãe não tinha tempo voltei a usar tranças. Depois cerca de dois anos depois voltei a desfrizar novamente desta vez no salão de cabeleira e o meu cabelo estava lindo e saudável. Mas mais uma vez acabei por voltar as tranças, desta vez tranças com cabelo postiço, compridas, lindas. Amei. Passados 3/4 anos voltei a desfrizar o meu cabelo novamente e tive o azar de escolher um salão onde "fritaram" completamente o meu cabelo. Ele ficou mesmo muito danificado. Caiu imenso. Nunca fiquei careca em nenhuma parte da cabeça mas acordava com a almofada com tanto cabelo que chegou a ser assustador. Decidi então voltar a usar tranças com cabelo postiço. Usei tranças durante um ano, depois usei extensões cozidas durante uns 8 meses.











18 anos . Tranças novamente
16 anos . Tranças









17 anos . Tranças mais uma vez
















Adulto

Em Abril de 2008 decidi desfrizar o cabelo, mas em casa e com ajuda de amigas. Também nessa altura comecei a fazer mais pesquisa sobre como tratar do meu cabelo e a verdade é que ele melhorou muito mesmo. Comecei a usar vitaminas e máscaras para o manter nutrido e hidratado e aos poucos ele voltou a ganhar vida. Á medida que fui aprendendo sobre como cuidar dos cabelos relaxados fui diminuindo o uso de calor no cabelo, também comecei a aumentar o tempo entre relaxamentos, e usava o cabelo protegido com tranças algum tempo. Tudo isso ajudou a manter o meu cabelo desfrizado saudável. É claro que isso não aconteceu do dia para a noite. Na verdade demorou cerca de 4 anos.

Verão 2008

Verão 2012
Em Outubro de 2012 tomei uma decisão com relação ao meu cabelo. Mas conto-vos tudo num próximo post..Fiquem atentos!!!

xoxo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário